Como um bom site pode converter vendas?

Tempo de leitura: 5 minutos

Toda empresa sabe que para ser encontrada precisa de algumas ferramentas básicas, uma delas é um bom site na internet. Nele, podemos expor vários dados sobre uma empresa, tais como: contato, endereço, história, produtos, serviços, promoções, entre outros.  Porém, um bom site pode revelar muito mais que esses botões tão comuns que estamos habituados a ver.  Abaixo vou lhe explicar vários itens importantes que o site da sua empresa deve ter com o objetivo de ampliar a conversão em vendas. Para isso é preciso entender sobre comportamento do consumidor.

Entendendo como o consumidor decide por uma compra

Antigamente as grandes empresas e corporações detinham o poder de influência sobre os consumidores. Você só tomava conhecimento de um novo produto por meio da televisão, anúncios em jornais ou rádio. Hoje o cenário é completamente diferente, pois todos nós ficamos em vários momentos do nosso dia conectados aos  smartphones ou aos nossos computadores. Toda vez que precisamos de algum serviço novo recorremos ao senhor Google não é mesmo? E se, mesmo assim, ficarmos em dúvida sobre qual escolher, solicitamos alguma indicação aos nossos amigos. Pedimos referência. Não é assim?

Esse nosso comportamento como consumidores é natural, pois dentre inúmeras opções disponíveis para contratar uma empresa, queremos ter a certeza de que fizemos uma boa escolha. A experiência de um amigo ou conhecido, uma indicação já elimina aumenta nossa confiança na empresa contratada. Existem várias formas em eliminar essas dúvidas antes da contratação, pesquisar no Google, consultar a nota da empresa em sites como o Reclame Aqui, pedir referências a amigos ou simplesmente entrar no site e tomar a decisão por conta própria.
É esta última a razão deste artigo. Fazer você entender todas as ferramentas que o marketing e a publicidade usam para ampliar a credibilidade de uma empresa através de um bom site.

Como deve ser um bom site?

1) Seguir as normas e recomendações do Google
Mas isso é obrigatório? Não, mas se você quiser ser encontrado pelas pessoas que utilizam o buscador do Google é melhor seguir essas recomendações. Nas décadas de 2000 e 2010 muitas empresas fizeram sites que ficavam no ar por muito tempo. Os sites eram praticamente estáticos e não eram atualizados. Atualmente o conteúdo do seu site determina a posição e ranqueamento nos buscadores da internet.

2) Estar adaptado para tablets e celular (responsivo)
Quantas vezes você já entrou em algum site pelo celular que mal conseguia ler o que tinha lá? É cada vez mais crescente o número de acessos por celulares ou tables, então, o chamado responsivo tem de estar na sua lista de prioridades.

3) Depoimentos
Os depoimentos de clientes são ótimos para posicionar a experiências de outros clientes com sua empresa, produto ou serviço. É com ele que conseguimos explorar porque sua empresa foi contratada, quais os resultados que conseguiu oferecer para aquele cliente ou ainda o quanto sua empresa contribuiu para a vida daquela pessoa.

4) Fale sobre seus diferenciais
Sabe aquela frase: Não venda produtos venda sonhos? Venda experiências? É isso, mas aplique isso no seu negócio.
Vamos pegar como exemplo um escritório de contabilidade, a grande maioria deles oferece os mesmos serviços, como abertura de empresas, serviços nas áreas trabalhista, tributária, fiscal e por aí vai. Então, como seu site pode revelar seus diferenciais?

– Atendimento: se seu escritório faz um atendimento personalizado, explore, mas tem de ser personalizado mesmo. Possui horários alternativos de atendimento? Emite relatórios mensais do que foi feito para seu cliente? O que seu escritório faz de diferente dos demais?

– Equipe: demonstrar que você possui uma equipe grande, com imagens no seu site não fará com que seu possível cliente se interesse. Quantidade é diferente de qualidade. Qual escritório é melhor, aquele que possui 40 funcionários que faz muitas coisas manualmente, ou o que investe em um software de gestão, automatiza procedimentos, possui selos certificadores de ISO etc. Qual você confiaria para abrir sua empresa? Qual passaria a você a segurança de estar antenado nas mudanças, nas tecnologias e consequentemente atualizado em sua área (contábil)?

Marketing de relacionamento

– Conteúdo: um bom site deve conter uma página de blog. É nessa página que o especialista no assunto poderá explorar várias situações específicas que poderão contribuir com a vida do seu cliente e ampliar a imagem que seu cliente (ou possível cliente) tem de você. É nesse blog que você demostra ter conhecimento sobre sua área, e por consequência, autoridade no assunto.
Ainda nesse contexto para contadores, vamos imaginar que um escritório está implantando um novo software de gestão para que seus clientes solicitem seus serviços por esse software.

O contador pode apenas encaminhar um comunicado por e-mail informando seus clientes de que a partir de determinada data esses clientes terão de utilizar e fazer seus pedidos ao escritório pelo software. Tal ação pode gerar um desconforto aos clientes, pois os mesmos estavam habituados a agir daquela forma, já havia uma rotina, enfim. O cliente pode entender que, como agora tudo é através do software ou computador, o escritório contábil passe a trabalhar menos e por consequência não mereça os honorários que ele pagou até então.

Uma maneira positiva para que isso não ocorra é usar o conteúdo em seu site sobre esse assunto. O contador pode escrever um texto para seus clientes dizendo a importância do uso do software, de como esse software vai garantir que ele (contador) não perca nenhum prazo, que sua empresa estará mais segura, que o software consegue saber se sua empresa está pagando algum imposto indevido na NF que veio de um fornecedor e fazer o cliente economizar dinheiro. Entende como isso vai agregar valor aquele escritório? Vai ampliar a confiança de clientes e possíveis clientes.

Preparado para mudar o layout do seu site e trazer muitos benefícios para seu negócio? Mãos à obra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *